O Ringo R-470

Durante a febre dos microcomputadores no Brasil, ao menos uma empresa que não era da área de eletrônica ou tecnologia também se arriscou a desenvolver seu micro pessoal.
A Ritas do Brasil, tradicional fabricante de botões de roupa, lançava em 1983 seu microcomputador compatível com o Sinclair ZX81, o Ringo R-470.
Por ser mais caro que a concorrência e não ter compatibilidade total com o computador que o originou, o Ringo durou pouco tempo no mercado.
Algumas décadas mais tarde, um grande amigo e colecionador, em seu trabalho de resgatar a história da informática brasileira, consegue com a empresa que criou o Ringo toda a documentação técnica que eles ainda tinham guardada.

Em nosso papel de manter viva a história, trazemos em primeira mão todos os projetos desse micro que puderam ser resgatados, com esquemas eletrônicos e listas de peças para montagem.

Os projetos foram separados nos seguintes módulos:
- Conjunto principal
- Cartuchos
- Gravador de EPROM
- Interface de Drive
- Interface de Impressora
- Interface Serial
- Sintetizador de Sons

Ainda aproveitei para colocar algumas coisas a mais, como o conteúdo das EPROMs, fotos da placa do micro, do teclado e de seu logo.
Também levantei a lista dos componentes da placa principal, que não estava entre os documentos originais.

Que todo esse material possa ajudá-los a consertar seus micros parados ou quem sabe criar alguma interface para ele.


Comentários

4
Foto de jrcapela

Cara..tive um desses.. micrinho otimo...

Não conhecia esse micro, mas gosto bastante de ver esse tipo de material.

Obrigado!

Não tive esse micro, mas hoje, com mais de vinte e poucos anos (brincadeira, o tempo passou e acredito que já tenha 60 anos. Não sei o que aconteceu, porque ainda me sinto naquele passado não tão distante e que não saiu de minha mente). Fico feliz sempre que você posta novos artigos, e por ser um saudosista dos micros daquela época áurea, vivo comprando no ML, livros, revistas e micros da linha MSX, SINCLAIR (da Prológica e Microdigital), APPLE II/c/e, TRS-80/COLLOR, e quem sabe o Ringo R-470. Finalizo parafraseando Roberto Carlos em uma de suas canções: "As lembranças me chegam sempre em noites tão vazias e mexem tanto com minha cabeça (que acabo comprando hardware da retrocomputação).

Foto de jrcapela

Na MSXJau desse ano, tive a oportunidade de conversar com o Ademir Carchano, responsável pelo Ringo, pois gostaria de saber quem foi que escreveu a cronica que tem no final do manual. Ele não se lembra, mas confessou que o nome era pq ele era mais que o CP 400 e Menos que o 500. rs