Morre um dos pais da internet no Brasil.

Um dos 'pais' da internet no Brasil, Aleksandar Mandic, morreu nesta quinta-feira, 6, aos 66 anos de idade. Ele foi o responsável por um dos primeiros provedores de internet do País, o Mandic. Deixa três filhos e netos.

O Mandic era um cara sensacional, no final de 2019 e/ou inicio do ano passado, inclusive, ajudou a completar as coleções de revistas que ele havia lançado na época do BBS, e as quais eu não tinha em mãos, ele fez questão de enviar o que tinha, e ainda acho que ele me mandou isso, quando estava internado.

Muito do material que tenho, e os quais contribuo com o site, foi iniciado na época do BBS.

O trecho abaixo, faz parte da matéria publicada no Estadão on-line de hoje:

Não só uma grande personalidade, mas um amigo... de trocar piadinhas no whats, vai fazer falta.... descanse em paz, e que Deus conforte a família.

A causa da morte não foi divulgada, mas segundo apurou o Estadão, o empresário estava com leucemia e aguardava um transplante de medula óssea - no ano passado, ele ficou internado, e chegou a ser intubado, após contrair covid-19. Com residência em Portugal, Mandic havia voltado a morar no Brasil em dezembro quando a saúde passou a ficar mais fragilizada. Atualmente, ele era o presidente da WiFi Magic, aplicativo que reúne senhas de WiFis públicos de rua em todo o mundo.

Segundo apurou a reportagem, Mandic conseguiu doação de medula da irmã, e precisava ganhar peso para passar pelo transplante. Antes disso, passou por um ano difícil. Durante a covid-19, chegou a ficar 40 dias na UTI e foi forçado a uma rotina de idas e vindas do hospital, quando teve que lidar com pneumonias e infecções.

Assim como tantos empresários de sucesso nos primórdios da internet, Mandic começou na garagem da sua casa. Com formação técnica em eletricidade, trabalhava na Siemens quando teve a ideia de, usando duas linhas telefônicas, começar uma BBS. Assim, em 1990, nasceu o Mandic BBS (sigla de Bulletin Board System, antigo sistema de informações eletrônicas por conexões telefônicas) de uma linha de telefonia de sua casa para montar a empresa, que conectava usuários em uma rede de correios eletrônicos com tópicos de discussão.

"Chegamos na era em que os visionários pioneiros da internet brasileira começam a nos deixar. O legado deles é a imensa criatividade, a inovação e a transformação que os brasileiros criam todos os dias na rede. Mandic acreditava no poder da internet antes da internet ser tudo. Ele foi na frente e criou uma das primeiras histórias de sucesso genuinamente brasileiras na rede. Foi com Mandic que muita gente teve que desligar o telefone para cair na rede global", diz Carlos Affonso de Souza, diretor do Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro (ITS-Rio)


Comentários

Lembro dele desde que era Co-Sysop da Uno BSS, do Jaguar (Ronaldo Amorin), depois criou a Mandic BBS. Eu participava do "MembersOnly"...

Foto de Junior Capela

O Mandic recriou a MembersOnly no facebook

Gente boa morre cedo. Gente ruim passa dos 100 anos. Quando adolescente, eu tinha um vizinho cujo filho era bandido e levou 5 tiros. Perdeu um pulmão, um rim e sei lá mais o que. Está vivo até hoje.

Foto de samusbsb

Sem palavras!!!! abraços!!!!